top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

Ícone entrega pelos Correios para todo Brasil

ENTREGA PELOS CORREIOS

para todo Brasil

Ícone retire na loja sua compra do site

RETIRE NA LOJA

sua compra do site

Ícone dividimos em até 12 vezes pagamento nos cartões

DIVIDIMOS EM ATÉ 12 VEZES

pagamento nos cartões

Ícone loja 100% segura - selo SSL utilizado

LOJA 100% SEGURA

selo SSL utilizado

  • Foto do escritorIMC Resistências Elétricas

Resistências flexíveis: a opção ideal para sua câmara frigorífica


Resistências flexíveis: a opção ideal para sua câmara frigorífica

As resistências flexíveis são dispositivos fabricados com materiais cuja propriedade consegue resistir à força e obstruir a corrente elétrica. Os componentes dificultam a passagem da eletricidade e dissipam a energia em forma de calor, que é utilizado para a realização de diversos processos industriais. Eles podem ser usados em várias aplicações para aquecer fluídos por imersão, por exemplo.


Há resistências elétricas que aquecem o ar, mantém a temperatura em estufas, ajudam no funcionamento dos fornos industriais e muito mais. As peças podem ser compostas por diversos materiais, como alumínio, aço, inox, cerâmicas etc. Algumas são interessantes para a calefação dos ambientes empresariais e outras são instaladas em tubulações das indústrias.


Neste artigo, vamos ajudar você a entender o que são as resistências flexíveis e por que elas são a melhor opção para determinadas aplicações, confira!

O que são as resistências flexíveis

Resistência flexível é um dispositivo utilizado em situações de compensação térmica e em técnicas de aquecimento. Esses componentes são extremamente funcionais e versáteis para quem atua no setor industrial. Esse tipo de peça compõe geladeiras, balcões frigoríficos, câmaras frigoríficas, mantas térmicas, toalheiros térmicos, aquecimento de moldes e outros equipamentos domésticos ou industriais.


Os dispositivos viabilizam a geração de calor para o funcionamento das estufas, aquecem água, óleo e outros fluidos, bem como fornecem conforto térmico em determinados ambientes. Nas indústrias, as resistências flexíveis regulam a temperatura interna das estruturas físicas e melhoram a qualidade do ar para que os colaboradores executem as suas funções.


As resistências flexíveis são essenciais para os processos das indústrias plásticas que precisam moldar os seus produtos. Elas garantem o funcionamento dos sistemas de aquecimentos para atender as demandas de diversos departamentos. Para fazer a aquisição desses itens, é interessante entender o seu funcionamento e o custo-benefício que será obtido.

Tipos de resistência flexível

Esse tipo de resistência é utilizado para desembaçar e descongelar nos balcões frigoríficos. O componente pode atingir até 90ºC, sendo que essa é a sua temperatura máxima. Ele mantém esse ambiente com o calor adequado para agilizar a limpeza das câmeras frigoríficas e oferece segurança ao regular o aquecimento com o auxílio de um termostato.

Resistência flexível com isolamento em silicone

As resistências flexíveis contam com cordões que são isolados com um material bastante conhecido: o silicone. O uso delas é indicado para aquecer tubulações e para os setores de refrigeração. A sua temperatura máxima é de 180ºC, motivo pelo qual é aplicada em mantas térmicas, geladeiras, balcões frigoríficos e outros maquinários industriais.


Uma resistência de silicone pode ser aplicada ainda em tubulações de aquecimento, nas válvulas de câmaras frigoríficas, drenos, portas e outras situações. Esses produtos são maleáveis, podem conter acessórios e terminais, bem como ser fabricados em cobre niquelado ou aço inoxidável. Eles se destacam pela funcionalidade ao aquecer líquidos, gases e manifolds.

Resistência flexível com isolamento em fibra de vidro

A resistência flexível com isolamento em fibra de vidro é muito usada nos fogões e nos fornos industriais. Para serem aplicadas, é necessário que os aquecedores sejam resistentes às pressões mais elevadas e que tenham uma dimensão apropriada para atender a necessidade do sistema. Elas estão disponíveis e podem ser usadas para várias aplicações.

Resistência elétrica tubular flexível

A resistência tubular flexível é um modelo que assume formas variadas e pode ser instalada em equipamentos distintos nos mais diversos ramos industriais. Existe uma forma padrão para o desenvolvimento desses dispositivos que podem conter cabos de fibra de vidro para aplicação em altas temperaturas. Os componentes substituem outros dispositivos em aquecedores tubulares.


O dispositivo tubular pode ser fabricado em cobre ou aço inox para oferecer ótima durabilidade, potência elevada e excelente custo-benefício. Esse tipo serve para aquecer sistemas de câmara quente, placas de prensas para borracha, moldes de injeção e máquinas de embalagens. Ele aquece com uniformidade e de modo prolongado as superfícies.


Esse componente é produzido em várias potências, tamanhos e tensões para atender uma grande variedade de equipamentos, para aquecer gases ou líquidos e para ser dobrado em ângulos variados. A sua flexibilidade é elevada, além de ser rápido e fácil de instalar, conforme os desenhos dos projetos e de acordo com a forma ou desvios existentes em canaletas.

Resistência flexível de fermentadores

Existem resistências flexíveis específicas para os fermentadores de cerveja, cujo cabo de silicone funciona para aquecer também as bombonas e os baldes. Essa solução funcional e inovadora é muito prática e leve para manusear, é extremamente maleável de difícil de quebrar. Ela pode ser facilmente instalada nos perfis das portas das câmaras frigoríficas, geladeiras e válvulas.


Utilização em câmara frigorífica e outras aplicações


As resistências flexíveis de silicone oferecem diversas vantagens, como a montagem simples, ágil e fácil. Não é preciso ter ferramentas específicas para fazer a instalação, basta ter uma canaleta usinadas e um martelo de borracha. Além de funcionarem bem em câmaras frigoríficas, elas têm outras aplicações interessantes. Observe abaixo alguns detalhes relevantes!

Câmaras frigoríficas

As resistências das câmaras frigoríficas normalmente têm condutores paralelos interconectados e um cabo calefator para evitar que os dispositivos queimem por superaquecimento. Sendo assim, elas são chamadas de autorreguláveis, tendo em vista que se houver aumento da temperatura, a resistência ôhmica também se eleva até ficar estável. Elas funcionam bem em evaporadores e equipamentos de refrigeração.

Uso em restaurantes

A resistência flexível pode ser utilizada para manter líquidos aquecidos, como a água dos equipamentos que mantêm as panelas e bandejas aquecidas. As resistências também podem estar presentes em fornos, fogões e em fritadeiras elétricas para a geração de vapor quente que circula dentro da vasilha e mantém a comida que está no seu interior aquecida.

Máquinas de solda

Esse modelo de resistência pode ser usado em indústrias que utilizam máquinas de solda e de corte. O dispositivo tem alta potência e desempenho otimizado, excelente nível de aproveitamento devido ao aquecimento que inicia no centro e se dissipa para as extremidades. Os componentes de aço inox suportam temperaturas de 700ºC.


Enfim, agora você já sabe que as resistências flexíveis são a opção ideal para sua câmara frigorífica! Dê preferência para os dispositivos revestidos com silicone que são mais eficientes e fáceis de manusear, os quais podem ser utilizados em copiadoras, máquinas de calçados, aplicação de cola, prensas, cilindros, câmaras quentes e processamento de alimentos.


Quer obter mais informações sobre resistência flexível de silicone? Solicite um orçamento agora mesmo!


82 visualizações3 comentários
bottom of page