top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

Ícone entrega pelos Correios para todo Brasil

ENTREGA PELOS CORREIOS

para todo Brasil

Ícone retire na loja sua compra do site

RETIRE NA LOJA

sua compra do site

Ícone dividimos em até 12 vezes pagamento nos cartões

DIVIDIMOS EM ATÉ 12 VEZES

pagamento nos cartões

Ícone loja 100% segura - selo SSL utilizado

LOJA 100% SEGURA

selo SSL utilizado

Veja como funciona a resistência aletada para secadora de roupas e enxovais de hospitais


Veja como funciona a resistência aletada para secadora de roupas e enxovais de hospitais

O mercado oferece diversos modelos de ligação de resistência elétrica, como a resistência de quartzo, de imersão, de cartucho e aletada.


Com diferentes formatos, é importante saber o objetivo da aplicação para entender qual modelo de resistência é o mais adequado para garantir o bom funcionamento do seu equipamento.


Quer saber mais sobre esse produto? Leia este post até o final e descubra como usar e quando é preciso cuidar da manutenção desse tipo de equipamento. Boa leitura!


O que é a ligação de resistência elétrica aletada?


Como o próprio nome diz, a resistência aletada é composta por aletas — superfícies utilizadas para dispersão de calor. O processo de aquecimento acontece por meio da transferência térmica, por irradiação ou condução.


Esse tipo de resistência pode ser fixado de várias maneiras e é à prova de umidade. Por isso, é bastante usado em máquinas industriais, estufas e dutos de aquecimento.


Quais são as suas características?


Há vários formatos de resistência aletada, por isso, sua escolha dependerá da aplicação desejada. Geralmente, os modelos retangulares ou em U são usados em estufas. Já as helicoidais são alternativas para fornos, degelo e aquecimento.

A resistência tubular aletada, por sua vez, é muito utilizada em ambientes industriais. Ela aquece superfície de equipamentos e máquinas dos mais variados segmentos, com uma infinidade de aplicações.


Produzidas em diversos modelos, potências e tamanhos, as resistências aletadas podem ser encontradas em:

  • cabines de secagem;

  • estufas;

  • dutos de ar;

  • cabines de degelo;

  • máquinas panificadoras.


Quais são as diferença para os demais tipos de resistência?


Com os mais variados tipos de resistência disponíveis no mercado, é a aplicação e o formato que vão dizer qual a opção mais adequada para a demanda.


Resistências em formato tubular de quartzo, por exemplo, são usadas em sistemas de irradiação infravermelhos. Já os modelos em formato de cartucho servem para um aquecimento uniforme e são muito utilizados na indústria de transformação plástica.


As resistências de imersão, por sua vez, são feitas para serem submersas nas mais diversas soluções, como água, óleos, combustíveis e solventes.


Como ela é usada em secadora de roupas e enxovais de hospitais?


Por promover uma secagem rápida de panos, a resistência tubular aletada é o modelo ideal para ser usado em secadoras de enxovais hospitalares.


Como essas peças precisam ser higienizadas todos os dias, é necessário que elas sequem com agilidade para que os hospitais ofereçam aos pacientes, diariamente, roupas de cama limpas e secas. Assim, as peças são lavadas e colocadas nas secadoras com resistência aletada para secagem mais rápida.


Quando deve ser feita a manutenção?


Como qualquer outro tipo de aparelho ou resistência, é preciso realizar a manutenção preventiva para avaliar a qualidade das conexões elétricas e evitar danos aos equipamentos. Porém, antes de instalar ou substituir a resistência aletada, confira os dados técnicos, a fim de verificar a tensão adequada da rede elétrica.


Como vimos, a ligação de resistência elétrica pode ser usada em secadoras de roupas e enxovais de hospitais para secagem rápida das roupas de cama, oferecendo mais conforto para os pacientes.


A IMC Resistências possui os mais diversos modelos capazes de realizar, de forma eficiente, qualquer processo de transferência de calor.


Quer conhecer os nossos produtos? Entre em contato com a nossa equipe e solicite um orçamento!

142 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page