top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

Ícone entrega pelos Correios para todo Brasil

ENTREGA PELOS CORREIOS

para todo Brasil

Ícone retire na loja sua compra do site

RETIRE NA LOJA

sua compra do site

Ícone dividimos em até 12 vezes pagamento nos cartões

DIVIDIMOS EM ATÉ 12 VEZES

pagamento nos cartões

Ícone loja 100% segura - selo SSL utilizado

LOJA 100% SEGURA

selo SSL utilizado

Saiba o que é uma resistência flangeada e onde ela é usada


Saiba o que é uma resistência flangeada e onde ela é usada

O mercado de resistências é amplo e diversificado, existindo diversos tipos de componentes com importâncias distintas para cada operacionalidade dos equipamentos. Entre eles destaca-se a resistência flangeada, geralmente utilizada em indústrias para processos de aquecimento precisos.


As resistências flangeadas apresentam tamanhos definidos e potências em conformidade com suas dimensões. Por isso, é extremamente importante ter atenção a essa condição, seguindo as orientações do fabricante de acordo com o caso específico onde o produto é adquirido.


Pensando nisso, desenvolvemos este artigo para apresentar mais informações sobre as resistências flangeadas e onde elas são utilizadas, esclarecendo os principais questionamentos sobre seu processo de fabricação e fornecimento. Acompanhe!


O que são resistências e como elas funcionam?


As resistências são componentes que podem ser aplicados em diversas finalidades, representando a capacidade de resistir à passagem de corrente elétrica ou responsáveis por gerar calor, como nos chuveiros e nos ferros de passar. O impedimento do fluxo de corrente resulta, na grande maioria das vezes, no aquecimento, conferindo funções em diversos segmentos industriais.


As resistências elétricas referem-se à capacidade de deslocamento dos elétrons livres a partir de um condutor, que se chocam com os átomos de metal e impedem sua passagem contínua. A partir dessa análise, o conceito de resistividade representa a eficiência que um corpo tem de impedir a ação da corrente elétrica.


Dessa forma, o uso desses componentes aumenta a vida útil dos equipamentos, protegendo os sistemas em situações de queda de energia, mantendo os produtos em funcionamento pleno após esses fenômenos. De acordo com a complexidade de montagem, a substituição dessas partes deve ser realizada por um profissional capacitado.


O funcionamento das resistências se dá a partir de duas cargas, uma positiva e outra negativa, localizadas em partes diferentes dos componentes para evitar a ocorrência de curtos. Esse fenômeno ocorre devido ao recebimento de uma grande quantidade de energia pelo sistema, estando acima da sua capacidade.


Quando esses componentes entram em curto, o sistema deixa de funcionar e impede que o equipamento seja avariado. Assim, por meio da capacidade de suportar cargas extras, os diferentes polos são impossibilitados de se encontrarem, transformando a energia extra em calor, sendo essa sua principal função. É a partir desse aquecimento que os alimentos são assados e a água do chuveiro é esquentada.


O que é uma resistência flangeada?


É possível encontrar no mercado diversos tipos de resistências, com formas, características e utilizações diferentes, de acordo com a usabilidade final. As propriedades específicas de determinados componentes conferem a capacidade de aplicação apenas no ramo industrial, enquanto outros também podem ser encontrados em produtos residenciais.


Na área industrial é possível destacar as resistências flangeadas, geralmente utilizadas em tanques de fluidos para a obtenção de escoamentos controlados, requisitando determinados equipamentos para promover a manutenção das temperaturas necessárias.


A resistência flangeada faz parte do grupo de resistências tubulares, que, como o próprio nome já expõe, são componentes que apresentam formato de um tubo, fabricados com diferentes materiais, como óxido de magnésio compactado, titânio, ferro, quartzo e inox, sendo revestidos por teflon ou chumbo.


O formato dessas resistências as torna ideais para uso em maquinários de zincagem, para cromar, niquelar, oxidar, ou usadas em outras situações mais agressivas. O processo de imersão em um solvente, como a água, aumenta o calor gerado por esse componente, a partir dos materiais constituintes.


Sendo assim, a resistência flangeada é fabricada em aço inoxidável 304/316 ou também em aço carbono 1020, além de um isolamento elétrico com óxido de magnésio a 99% e filamentos em níquel-cromo.


Seu processo fabril se dá em flanges lisos, com medidas personalizadas de acordo com as necessidades do equipamento e do cliente, no formato da letra U. Os diâmetros mais comumente encontrados são os de 8,5 ou 11,0 milímetros.


A potência do componente define o número de elementos resistivos e o tamanho do flange, que também é escolhido de acordo com o produto e as especificações do comprador. O uso dessas partes é muito difundido em aquecedores de água, óleo e soluções químicas.


Como a resistência flangeada é utilizada?


Os tubos que constituem a resistência flangeada ficam em contato direto com os fluidos, ou ainda com elementos substituíveis, facilitando o processo de manutenção e impedindo que esses escoem. Para utilizar esses componentes é necessário definir adequadamente a sua potência, pois as diferentes aplicações exigem densidades em W/cm² (Watts por centímetro quadrado) específicas.


Além disso, esse tipo de resistência tem a capacidade de concentrar os elementos resistivos, o que torna a potência mais precisa e todo o processo ocorre apenas por um corpo.


O uso mais indicado desses componentes se dá em aquecedores de circulação, dutos com ar forçado e reservatórios de líquidos de grandes proporções. A definição adequada da temperatura máxima de trabalho, suas tensões e densidade tornam a resistência flangeada uma ótima opção de aplicação.


As principais vantagens da utilização dessa resistência são:

  • excelente desempenho;

  • ótima eficiência térmica;

  • certificação de qualidade;

  • possibilidade de customização do componente;

  • custo-benefício interessante para o cliente.


Como escolher o melhor fornecedor de resistência flangeada?


A resistência flangeada é fornecida com variadas opções de atributos, portanto, é necessário ter atenção na escolha desse componente. A opção por fornecedores já consolidados no mercado e que utilizam materiais de qualidade conduz a uma boa decisão, visto que esses itens são extremamente importantes para o funcionamento adequado dos equipamentos.


A IMC Resistências Elétricas é uma empresa atuante no mercado brasileiro há mais de 50 anos, especializada na fabricação de resistências para aquecimento industrial, sempre buscando aperfeiçoamento e excelência na área. A organização está sempre procurando atender todas as necessidades e solicitações dos clientes, enfatizando o contato próximo com o comprador.


O processo de fabricação das resistências flangeadas da IMC faz com que esses componentes tenham a capacidade de fornecer altas potências e grandes quantidades de calor, aplicadas em uma ampla gama de sistemas, como em aquecimentos de água, óleo, soluções ácidas e alcalinas.


Ademais, essas partes são construídas a partir de elementos tubulares de cobre ou aço inoxidável 304 e 316, com flanges de 3 a 14 polegadas e tensões de trabalho de 220, 254, 380 e 440 Volts. Todos os materiais são escolhidos adequadamente para conferir ao produto a qualidade esperada.


Sobretudo, os diferentes tipos destes componentes são escolhidos de acordo com suas condições de uso. A resistência flangeada, geralmente utilizada no setor industrial, apresenta um excelente desempenho e custo-benefício para o cliente, aplicada em aquecedores de circulação e dutos com ar forçado. Escolher um bom fornecedor garante que essas partes tenham qualidade e assegurem um adequado processo produtivo.


Você gostou deste post sobre o que é resistência flangeada e onde ela é utilizada? Então confira nossa categoria com outras informações desse componente e fique por dentro de todos os detalhes!

112 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page