top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

Ícone entrega pelos Correios para todo Brasil

ENTREGA PELOS CORREIOS

para todo Brasil

Ícone retire na loja sua compra do site

RETIRE NA LOJA

sua compra do site

Ícone dividimos em até 12 vezes pagamento nos cartões

DIVIDIMOS EM ATÉ 12 VEZES

pagamento nos cartões

Ícone loja 100% segura - selo SSL utilizado

LOJA 100% SEGURA

selo SSL utilizado

  • Foto do escritorIMC Resistências Elétricas

Precisamos falar sobre a Indústria 5.0 e o novo conceito que vem surgindo


Precisamos falar sobre a Indústria 5.0 e o novo conceito que vem surgindo

Os avanços da tecnologia promovem transformações profundas no setor industrial. Os gestores passaram a notar a importância da inteligência humana de modo conjunto com a automatização dos processos. Se antes o foco da Indústria 4.0 estava nas máquinas, agora a atenção passa a se voltar para os seres humanos.


Muito já se falou sobre a Indústria 4.0, mas um novo conceito está ganhando força. E aí surge a importância da Indústria 5.0. A partir de agora, os equipamentos devem desempenhar as suas funções devidamente alinhadas com a atuação humana. Trata-se de uma forma de facilitar o trabalho das pessoas e trazer mais produtividade para as indústrias.


Quer saber mais sobre esse fenômeno e o que está por trás disso? Neste post, vamos trazer as questões envolvendo o conceito de Indústria 5.0, suas principais novidades e tendências. Boa leitura!


O que é a Indústria 5.0?


Essa nova tendência promove a reconciliação entre a atuação das máquinas e a atividade humana, com o intuito de criar um vínculo integrado e aproximar ambos os lados, que foi deixado de lado nas revoluções industriais passadas.


Ela surgiu em meio à necessidade de mais equilíbrio entre a automação e a humanização, reforçando a importância do homem e a tecnologia caminharem juntos. Nesse sentido, há a criação de um modelo de trabalho inovador para as máquinas e seres humanos.


Quais foram as revoluções anteriores?


Confira as revoluções industriais e seus principais objetivos ao longo dos tempos:

  • Primeira Revolução Industrial: teve início no século XVIII e preconizava o uso de energia a vapor e mecanização da produção para aumentar a produtividade;

  • Segunda Revolução Industrial: iniciou-se no século XIX, em decorrência da descoberta de eletricidade e linha de montagem, promovendo a produção em massa;

  • Terceira Revolução Industrial: teve início nos anos 70 e envolve a ideia de criação de controles e computadores programáveis que executavam tarefas sem a necessidade de intervenção humana, como os robôs;

  • Quarta Revolução Industrial ou Indústria 4.0: uso das tecnologias de informação e comunicação que são expandidas por uma conexão, promovendo maior automação da produção;

  • Quinta Revolução ou Indústria 5.0: integração entre equipamentos modernos e a atuação humana.


O que muda com a Indústria 5.0?


A Indústria 5.0 aplica os recursos tecnológicos da Indústria 4.0 de maneira integrada com a inteligência humana e a tecnologia robótica. Existe um significativo potencial de personalização e uma grande flexibilidade na produção. Nesse sentido, será possível que robôs movidos por softwares realizem tarefas mecânicas, análises preditivas e atividades repetitivas, por meio de ferramentas intuitivas e robustas.


Os preceitos que representam a Indústria 5.0 já estão presentes na realidade da maioria dos empreendimentos. Nesse sentido, torna-se essencial acompanhar essa tendência e pensar em processos empresariais que utilizam as tecnologias 4.0, mas sem perder o foco nas pessoas. Portanto, não perca mais tempo e comece a tirar o máximo de proveito dessa tecnologia aplicada aos processos industriais!


Quer otimizar as operações do seu negócio? Então, saiba mais sobre o assunto. Conheça os principais produtos para manutenção industrial!

14 visualizações2 comentários
bottom of page