top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

Ícone entrega pelos Correios para todo Brasil

ENTREGA PELOS CORREIOS

para todo Brasil

Ícone retire na loja sua compra do site

RETIRE NA LOJA

sua compra do site

Ícone dividimos em até 12 vezes pagamento nos cartões

DIVIDIMOS EM ATÉ 12 VEZES

pagamento nos cartões

Ícone loja 100% segura - selo SSL utilizado

LOJA 100% SEGURA

selo SSL utilizado

[Infográfico] Resistência aletada: entenda para que serve e como funciona


[Infográfico] Resistência aletada: entenda para que serve e como funciona

Utilizada em máquinas industriais, dutos de aquecimento e estufas, a resistência aletada é construída a partir de tubos e aletas de aço carbono ou inox.


Ela tem diferentes formatos, que dependem da aplicação. A escolha do modelo adequado garante o bom funcionamento do produto ou equipamento.


Confira o nosso infográfico para saber o que é e como funciona esse tipo de resistência!


O que é uma resistência aletada?


A resistência elétrica aletada, como o próprio nome diz, é formada por aletas. O aquecimento é baseado na transferência térmica, por condução e irradiação.


Seu formato depende da aplicação. Normalmente, as resistências aletadas retangulares (ou em U) são ideais para estufas. Já as helicoidais são boas opções para fornos, aquecimento e degelo.


Elas podem ser fixadas de várias maneiras (usando parafuso ou suporte), o que garante maior versatilidade. À prova de umidade, são ideais para utilização quando há grande necessidade de aquecimento.


Qual a diferença para os demais tipos de resistência?


Os formatos e os tipos de aplicação definem qual a resistência elétrica ideal.


A resistência cartucho, por exemplo, é adequada quando é necessário aquecimento uniforme. Seu principal uso é na indústria de transformação plástica.


As resistências de imersão podem ser submersas em soluções com diferentes densidades (água, combustíveis, óleos, líquidos de arrefecimento e solventes).


Já a resistência tubular de quartzo é a mais adequada para uso em sistemas de irradiação infravermelhos.


Quais os cuidados para a manutenção da resistência aletada?


Como qualquer outra resistência, é essencial fazer a manutenção preventiva, verificando a qualidade das conexões elétricas.


Além disso, antes da instalação ou substituição, é preciso conferir, na etiqueta de dados técnicos, se o equipamento é adequado à tensão da rede elétrica.


Por que contar com fornecedores qualificados?


Para garantir o bom funcionamento dos equipamentos e máquinas, é preciso utilizar resistências elétricas de qualidade.


Um fornecedor qualificado poderá orientar sobre a resistência aletada ideal para o equipamento, além de indicar cuidados referentes à instalação e preservação da sua vida útil.


Entre em contato com a IMC para conhecer os tipos de resistências e seus principais usos.

152 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page