top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

  • Foto do escritorIMC Resistências Elétricas

Entenda o que é resistência elétrica de alta e baixa densidade


Entenda o que é resistência elétrica de alta e baixa densidade

Existem sistemas inteligentes para o controle automático das resistências que podem ser mantidas na temperatura ideal para diversos processos industriais. Com a tecnologia não é necessário ligar e desligar o dispositivo, pois ele recebe voltagem suficiente para se manter estável. No início do processo, o equipamento aciona a temperatura máxima e depois vai reduzindo para que não ultrapasse o limite.


Porém, há resistência elétrica de alta e baixa densidade com características distintas. Ao longo do post, vamos explicar o que significam esses termos e apontar o material utilizado para a fabricação dos dispositivos. Além disso, forneceremos detalhes sobre a sua importância, quantos amperes as resistências puxam e a dissipação de potência.


Gostaria de saber como pode escolher uma boa resistência elétrica? Acompanhe a leitura!


Saiba o que é resistência elétrica de baixa densidade e de alta densidade


Resistência elétrica é um dispositivo utilizado nas indústrias que pode ter alta ou baixa densidade, termo utilizado para revelar a relação entre área de contato e potência ou watts. Sendo assim, uma resistência de alta densidade é aquela que conta com área de contato ou superfície muito pequena, mas consegue transferir uma potência elevada.


A resistência de baixa densidade, por sua vez, tem uma área de contato maior e espalha o calor em um ambiente mais amplo. Portanto, a potência é igual ao calor gerado de modo que tanto um dispositivo de baixa ou alta densidade poderão aquecer determinado volume de líquido em utensílios diferentes e com idêntica performance.


Conheça o material que essas resistências elétricas devem ser fabricadas


As resistências devem ser fabricadas em inox e ter nipples em suas extremidades, que são compostas de liga de latão, mas confiáveis e excelentes para o uso industrial. Não possuem chumbo e outros materiais inapropriados e entregam alta utilidade a produtos químicos. Veja a seguir alguns aspectos relevantes desses dispositivos!


Quantidade de amperes


Eles puxam corrente de energia, mas a amperagem consumida consiste em um dos fatores mais importantes na hora de fazer a instalação elétrica. É necessário utilizar contatoras, termostatos e outras ferramentas para que os condutores sejam dimensionados e a quantidade de amperes chegue ao ideal para a realização das atividades.


Dissipação de potência


Um dispositivo de baixa densidade com 100 cm² de área de contato e 1.000 watts, por exemplo, terá que dissipar a cada cm² a quantidade de 10 watts de calor. Já em uma resistência de densidade alta teria uma superfície menor: precisaria de uma temperatura muito maior a cada cm², dissipando 100 watts de calor.


Facilidade de transferência de calor


Como as resistências de alta densidade têm uma área de contato muito pequena para fazer a transferência de tanta potência, a superfície precisa atingir centenas de graus para dissipar o calor gerado.


A resistência de baixa densidade consegue dissipar a mesma potência de forma mais espalhada e fácil tendo em vista que ela tem uma área de contato maior.


Entendeu o que é resistência elétrica de alta e baixa densidade? Para escolher uma boa resistência elétrica alguns fatores devem ser considerados. Tenha certeza de que as instalações são apropriadas para determinado tipo de dispositivo, confira a fiação, os disjuntores, as tomadas, o dimensionamento da amperagem etc.


Quer obter informações mais detalhadas sobre o assunto? Leia o próximo post e descubra por que é importante analisar a qualidade do suporte técnico do fornecedor!

204 visualizações0 comentário
bottom of page