top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

  • Foto do escritorIMC Resistências Elétricas

Como funciona a resistência de fritadeira elétrica?


Como funciona a resistência de fritadeira elétrica?

O princípio de funcionamento de uma resistência de fritadeira não se difere significativamente do uso dessa peça em outros equipamentos. Sua função é aquecer o óleo em que os alimentos serão fritos, mantendo-o em uma temperatura adequada para o perfeito cozimento.


As fritadeiras elétricas são uma alternativa ao gás de cozinha muito utilizada em restaurantes industriais e lanchonetes devido à redução de custos no longo prazo e, principalmente, ao controle preciso do aquecimento que influencia diretamente o tempo e a qualidade dos pratos preparados.


Entenda como esse dispositivo funciona, as resistências que são indicadas para ele e como realizar a manutenção da maneira correta. Continue a leitura para conferir!


Como as fritadeiras elétricas funcionam?


Muito antes do sucesso estrondoso das fritadeiras elétricas domésticas, as indústrias, os restaurantes e as lanchonetes já utilizam a energia elétrica para preparar frituras. Não podemos, porém, confundir os dois tipos de equipamento, embora o princípio de ambos dependa de uma resistência de fritadeira.


Na tecnologia Air Fryer, o ar aquecido pela resistência elétrica é ventilado por uma hélice movida por um potente motor compacto. Dessa forma, o ar quente circula o recipiente do aparelhos em altíssima velocidade e choca-se com o alimento com muita intensidade, o que provoca um “supercozimento” com resultados semelhantes ao de uma fritura convencional.


As fritadeiras industriais, por sua vez, apresentam um experiência similar ao preparo de frituras no fogão. Um recipiente com óleo de cozinha é aquecido rapidamente por uma resistência e mantido em uma temperatura constante.


Que tipo de resistência de fritadeira é utilizada nesses equipamentos?


Em relação às Air Fryers, como o mercado disponibiliza produtos com projetos muito distintos, a resistência utilizada deve seguir o formato e os critérios estipulados por cada fabricante. Em geral, as empresas disponibilizam peças de reposição para manutenção.


Na fritadeiras elétricas industriais, por sua vez, as resistências geralmente utilizadas em linhas comerciais são:

  • modelo 158 – formato redondo e diâmetro entre 30 e 35 cm;

  • modelo 158A – formato circular com traçados específicos;

  • modelos 128 e 129 – ideais em cestos para frituras.


Os modelos podem variar de acordo com o tamanho e projeto do equipamento, mas muitos fornecedores, como a IMC, fabricam resistências de acordo com as necessidades do cliente.


Quais são as vantagens da fritadeira elétrica?


Diversos estabelecimentos recorrem às fritadeiras elétricas por uma série de motivos, sendo os principais deles:

  • aquecimento rápido – tornando o óleo pronto para a utilização em pouquíssimos minutos;

  • controle preciso da temperatura – mantém o óleo em uma temperatura ideal sem risco de queimá-lo;

  • redução de custos – o tempo útil do óleo é prolongado, e o equipamento pode ser desligado entre uma fritura e outra;

  • qualidade da fritura – o intenso aquecimento deixa os alimentos crocantes e mais saborosos;

  • dispensa do gás – bem como o risco de vazamentos;

  • compactadas: ajustam-se melhor aos diferentes tipos de cozinhas;

  • instalação e manutenção simples – reduz-se tempo e despesas empregados com reparados.


As fritadeiras portáteis Air Fryer são mais limitadas em termos de aquecimento e capacidade de preparado, pois são destinadas ao uso doméstico. Sua manutenção é relativamente mais complexa, uma vez que seu funcionamento depende de alguns componentes adicionais, além da resistência de fritadeira.


Entretanto, a sua maior vantagem certamente compensa tudo isso, que é a possibilidade de cozinhar e fritar alimentos sem utilizar uma só gota de óleo.


Como providenciar a troca de uma resistência de fritadeira?


Independentemente da qualidade das peças utilizadas na construção desses aparelhos, todos eles estão sujeitos a mau funcionamento devido a motivos diversos, desde o seu tempo de uso a oscilações severas na rede elétrica local.


Uma vez que a principal função da resistência é gerar aquecimento, sugere-se que o reparo seja necessário quando o aparelho não é mais capaz de atingir a temperatura adequada. A substituição dessas peças deve ser realizada por um profissional capacitado, e o reparo pode envolver a troca de outros itens, como fios, termostatos e motores (tratando-se das Air Fryer).


Identificado o problema, porém, é fundamental solicitar peças de reposição de qualidade com fornecedores de confiança. A IMC é uma empresa com certificação ISO 9001 e atua nesse mercado há mais 50 anos, fabricando itens para linhas comerciais e sob encomenda.


Fale conosco para tirar as suas dúvidas sobre resistência de fritadeira e ter acesso às melhores soluções disponíveis para os equipamentos da sua empresa!

408 visualizações2 comentários

2 Comments


Carlos Abreu
Carlos Abreu
há 6 dias
Like

Carlos Abreu
Carlos Abreu
há 6 dias
Like
bottom of page