top of page
Banner Blog da IMC

Blog da IMC

Ícone entrega pelos Correios para todo Brasil

ENTREGA PELOS CORREIOS

para todo Brasil

Ícone retire na loja sua compra do site

RETIRE NA LOJA

sua compra do site

Ícone dividimos em até 12 vezes pagamento nos cartões

DIVIDIMOS EM ATÉ 12 VEZES

pagamento nos cartões

Ícone loja 100% segura - selo SSL utilizado

LOJA 100% SEGURA

selo SSL utilizado

  • Foto do escritorIMC Resistências Elétricas

4 questões sobre aquecedor industrial para você entender!


4 questões sobre aquecedor industrial para você entender!

Alguns equipamentos que são responsáveis pelo processo de aquecimento de líquidos ou de manter a sua temperatura no calor ideal para certas atividades são conhecidos como aquecedores industriais.


O uso da água nos procedimentos das indústrias é bastante comum, no entanto, ela precisa estar aquecida no nível correto para gerar os resultados esperados. O dispositivo pode aquecer, ainda, fluídos térmicos, óleo e outras substâncias que devem ter sua temperatura mantida para a fabricação de determinados produtos.


Desse modo, o aquecedor industrial é aplicado por vários setores da indústria para tratamento térmico, sinterização, secagem, polimerização, moldagem e cura de materiais.


Neste post, vamos fornecer mais detalhes sobre esse equipamento interessante. Gostaria de tirar as suas dúvidas sobre aquecedor industrial, os seus principais modelos e como fazer a manutenção? Prossiga!


Entenda algumas questões comuns sobre aquecedor industrial


Como você pode ver, o aquecedor industrial produz ou mantém os componentes líquidos para que sejam utilizados instantaneamente ou posteriormente.


A sua potência térmica pode atingir até 3 milhões de quilocalorias, de acordo com o seu modelo e a sua finalidade, para trazer vários benefícios aos usuários — por exemplo, aquecimento de piscinas e calefação de ambientes.


Os aquecedores também são utilizados na estufa de secagem de madeira, funcionam como trocadores de calor e produzem água quente para hotéis, academias, clubes e outros estabelecimentos comerciais ou empresariais.


Eles exercem sua função com o auxílio de resistências elétricas, feixes tubulares ou serpentinas, que auxiliam a fazer a troca térmica e são uma fonte geradora de calor.


Um aquecedor industrial atua com pressão a partir de 4 quilograma-força por centímetro quadrado, e pode ser fabricado em aço carbono ou aço inoxidável.


O seu isolamento térmico é feito com revestimentos externos em chapas de alumínio, e internamente com mantas de lã de rocha. Depois do aquecimento, a água é destinada aos pontos nos quais será consumida.


Obtenha respostas às principais dúvidas sobre aquecedor industrial


Esse equipamento industrial também pode ser usado em lavanderias, vestiários e hospitais, dentre outros ambientes.


A indústria plástica também faz uso do aquecedor para moldar os materiais e manter as suas atividades ativas. Contudo, a tensão do dispositivo precisa ser dimensionada conforme a necessidade de cada negócio.


Veja, a seguir, mais dicas sobre os aquecedores industriais!

1. Principais tipos de aquecedores industriais

Existe diversos tipos de aquecedores industriais disponíveis no mercado para o público consumidor. Mas antes de fazer a aquisição, o gestor precisa avaliar as demandas da indústria, os processos onde o equipamento será aplicado, se o dispositivo foi fabricado em conformidade com as normas de padronização e se o seu fabricante tem certificação de qualidade.


Avalie os diversos os modelos e compreenda quais serão os cuidados para a sua manutenção e limpeza inerente ao processo.


Você vai encontrar os aquecedores de passagem ou de circulação IMC que são blindados em aço inoxidável AISI-304 ou aço 1020. Eles podem ser usados para aquecer água, lubrificantes e, inclusive, os óleos combustíveis.


Os aquecedores industriais da IMC são fabricados com tecnologia de ponta para aplicações industriais nos mais variados setores do mercado e contam com um reservatório para manter as substâncias aquecidas no decorrer do tempo.


A empresa também oferece uma variedade de opções de termostatos capazes de controlar as variações de temperaturas.

2. Manutenção do equipamento

É necessário fazer a manutenção do aquecedor industrial para assegurar o conforto, a segurança e a redução de custos para a empresa. Eles são excelentes opções e podem oferecer economia de energia elétrica se passarem por revisões periódicas.


O aquecimento dos líquidos somente é seguro se o equipamento for avaliado continuamente. Portanto, agende manutenções preventivas para que sejam feitos os reparos antes que ocorram eventos negativos na indústria.


Os aquecedores podem sofrer vazamentos em sua estrutura, já que são compostos de várias peças que garantem o aquecimento e o envio das substâncias até o seu destino. Sem os devidos consertos, a organização pode ter prejuízos com o consumo elevado de energia.


A ausência de manutenções pode causar acidentes e prejudicar a integridade física dos colaboradores. Fazer somente a manutenção corretiva pode não ser uma boa ideia, porque o aquecedor industrial já estará com problemas e os gastos para o conserto serão maiores.


A prevenção precisa ser feita antecipadamente, com testes das condições de funcionamento e realização de pequenos ajustes.

3. Resistência indicada

As resistências mais indicadas para aquecedores industriais são fabricadas nas voltagens 110 e 220 Volts pela IMC e atinge até 3 mil Watts.


Algumas funcionam imersas na água, enquanto outras são fabricadas sob medida, de acordo com o pedido de cada cliente — a parceira oferece um catálogo completo com os dispositivos padrões do mercado. Entretanto, os especialistas da IMC são capazes de projetar produtos inovadores que atendam às demandas específicas de uma indústria.


O modelo da resistência vai depender da atividade que o aquecedor industrial vai desempenhar. Por exemplo, a resistência de imersão pode ser aplicada em galvanoplastia, caldeiras, equipamentos para fervura, tanques, saunas, balcões self-service, entre outros.


Já a resistência tubular aletada da IMC é utilizada na transferência de calor dos aquecedores, desumidificadores de painéis elétricos, ar-condicionado e estufas.

Contudo, elas são diferentes das resistências flangeadas, que atuam em contato com os líquidos, têm capacidade térmica elevada e oferecem potência maior para os aquecedores de circulação ou reservatórios de grande volume.

4. Funcionamento do aquecedor industrial

O funcionamento, como já foi dito, depende do uso de uma fonte de energia para gerar a temperatura apropriada para a execução dos processos industriais.


O aquecedor industrial é capaz de atingir temperaturas elevadas e de trocar calor com o ambiente externos, desde que seja utilizada a resistência apropriada para cada situação.


Ao escolher aquecedores industriais de marcas confiáveis, investir na sua manutenção preventiva e garantir a sua eficiência, o gestor alcançará um excelente custo-benefício para a empresa. Isso também evitará a necessidade de reformas e a temperatura dos fluídos poderá ser controlada em nível predeterminado — com a ajuda de um termostato, por exemplo.


Descubra a importância de buscar bons fornecedores para o aquecedor


Escolha um fornecedor que seja especialista na produção dos aquecedores e das peças que fazem parte da sua composição. As melhores soluções do mercado são oferecidas pela IMC, que tem reconhecimento no mercado nacional e atua há mais de 50 anos favorecendo todos os tipos de indústrias situadas no território brasileiro.


Essas são as principais questões sobre aquecedor industrial para você entender melhor o conceito e o contexto de aplicação.


Saiba que a IMC é reconhecida pela excelência de seus materiais de resistência elétricas e qualidade indiscutível de seus projetos que atendem o Brasil inteiro. Essa parceira está sempre em busca de tecnologias inovadoras para atender os seus clientes.


Deseja obter mais informações sobre as soluções da IMC e seu catálogo de produtos a pronta-entrega? Entre em contato com o nosso time agora mesmo!

49 visualizações3 comentários
bottom of page